“Sou alegre. Nem sempre feliz, mas sobretudo alegre. Minha característica marcante é a indecisão. Preciso que me amem. Não viveria sem meus amigos. Muito raramente grossa e às vezes estúpida. Não sou esnobe. Gosto de elogiar as pessoas. Sou relativamente simples. Adoro melancia. Música é a minha vida. Sonho em tocar piano um dia. Adoro carros grandes, mas não gosto de dirigí-los. Sonho em ter um jipe lindo e só meu. Sou loucamente atraída por doces. Adoro tomar sorvete de tarde. Tenho pavor de dentista. Queria ser escritora. Queria viver da música. Geralmente amo muito mais do que devo. Sou extremamente sensível a tudo o que ocorre à minha volta. Amo os meus e todos os cães do mundo. Queria dar uma fazenda para minha mãe. Preciso do carinho das pessoas. Reparo em tudo à minha volta. Sou muito observadora. Faço amizade com certa facilidade. Me entrego às minhas amizades. Às vezes sofro por amar demais. De vez em quando entro em depressão. Muito raramente sou determinada. Sou preguiçosa. Espero as coisas virem a mim. Agradeço a Deus pela voz da Marisa Monte. Queria ser menor. Me sinto privilegiada quando a poesia vem me visitar. Adoro receber elogios. Sou uma ostra com meus sentimentos. Adoro ouvir, tudo e a todos. De tão inconstante, sou quase volátil. Amo comer. Adoro sucos. Não gosto de mortadela. Queria ter uma casa na serra. Queria morar no último andar de um prédio de vinte andares. Sou apaixonada por Caetano, Bethânia e Vanessa da Mata. Adoro paisagens. Sempre quis ser fotógrafa. Amo fotografia. Adoraria ter uma voz como a de Elis. Fico louca da vida com moscas e mosquitos. Não gosto de cerveja. Odeio o calor. Amo o frio. Acho lindo homem de óculos. Preciso muito da luz de Deus no meu caminho. Me decepciono muito fácil com as pessoas. Amo viajar. Acho muito difícil, mas se por acaso eu vier a casar algum dia, minha primeira lua-de-mel será em Paris, a segunda na Espanha e a terceira na Itália. Tenho verdadeira adoração pela minha irmã. Aprendi a ter mais paciência com meus pais. Não tenho medo da morte para mim. Morro de medo de perder as pessoas que amo. Adoro ler e escrever poesias. Amo o Romantismo. Odiei ter que prestar vestibular.  Só gosto de balas mastigáveis. Aprendi a tomar café, mas ainda prefiro se tiver creme por cima. Gosto de estudar. Adoro rir. Rio à toa. Vou de um extremo a outro com muita facilidade. Dificilmente discuto com alguém. Adoro ver filme até tarde. Adoro dormir muito. Preciso ficar sozinha. Sou apaixonada pela minha cama. Morro de medo de ser assaltada. Adoro ler. Não gosto de andar a pé. Não gosto de andar de ônibus, principalmente à noite. Adoro surpresas boas. Pouquíssimas pessoas me surpreendem. Amo chocolate. Fico muito feliz quando vão à minha casa. Às vezes sou influenciável. Amo sinceridade. Queria desfilar numa escola de samba. Gosto muito quando as pessoas sentem falta de mim. Adoro quando elogiam a minha voz. Sou extremamente insegura. Tenho fixação por todo tipo de material escolar. Adoro sextas-feiras. Adoro comer pizza fora. Adoro pernas e olhos. Serei uma eterna admiradora das cores. Queria muito ter conhecido o Renato Russo. Adoro inventar moda. Adoro aprender. Falo sozinha com muita facilidade. Adoro loucamente arroz à piomontese com frango à cubana. Fico extremamente feliz e orgulhosa por ter me formado em História da Arte na Uerj. Odeio, com todas as minhas forças, acordar cedo. Odeio halls. Adoro, e muito, queijo e presunto. Odeio indiferença. Adoro figo em calda. Não suporto ser desprezada. Gosto de biologia e química. Nunca aprendi física. Amo ser dinda. Sou uma beterraba em computadores e em inglês, mas não vivo mais sem internet. Adoro ouvir música alta. Poucas coisas me fazem tão feliz como comer um Cheddar antes de ir ao cinema. Tenho verdadeira fixação pela combinação azul e laranja. Aprendi a ser menos ciumenta. Gosto de ser inteligente. Conhecer Buenos Aires com Luciana e Paris com Fernanda foi uma delicadeza do universo. Sempre sonho em como será a minha casa. Às vezes sou ingênua. Sou irresponsável. Gosto de ajudar as pessoas. Dificilmente peço ajuda. Preciso que as pessoas tenham paciência comigo. Tenho uma imaginação pra lá de fértil. Adoro passear. Adoro ir ao Barrashopping. Se pudesse gastaria fortunas em roupas e cosméticos. Preciso entrar na ginástica. Odeio ginástica. Tenho mania de escrever pedaços de músicas em todos os lugares. Meu maior sonho já foi realizado: ir à Roma e Paris. Não gosto de decepcionar as pessoas. Adoro fazer aniversário. Queria mais dinheiro para poder dar mais presentes. Não saio de casa sem levar minha chave e celular. Adoro receber presentinhos. Não gosto do orgulho das pessoas e muito menos do meu. Amo receber cartas. Acredito que tudo o que nos acontece é sempre o melhor possível. Entro em êxtase quando vou a algum show. Adoro casas com salas espaçosas. Acho super legal festas surpresas. Trago sempre comigo a mania de cumprimentar tanto o sol quanto a lua, ainda mais quando eles estão bonitos.  Ainda terei um ateliê só meu. Queria ir mais vezes ao teatro. Não sei porque, mas acredito que se Deus fosse uma música, seria com certeza a Nona Sinfonia de Beethoven. Adoro tomar banho de chuva. Adoro ar condicionado. Não gosto de rock. Adoro falar bobagens. Sou muito feliz por ter um telefone bom. Só gosto de praia à tardinha. Adoro a minha piscina. Admiro as calculadoras. Adoro ficar à toa. Gosto e preciso me sentir especial. Odeio ser igual aos outros. Odeio lavar louça. Adoro artes plásticas. Ainda irei aprender a pintar quadros a óleo, mas já aprendi a usar a tinta acrílica. Não esqueço nomes. Não gosto quando trocam o meu. Gosto de ser exclusiva. Ainda sou um pouco possessiva. Sou muito calma. Tento me controlar. Queria muito ter uma calça preta que não desbotasse nunca. Sou extremamente curiosa. Sou apaixonada pelas minhas tias. Possuo uma fobia inexplicável de engarrafamentos. Adoro conquistar pessoas difíceis. Odeio meninas melosas. Amo a poesia de Adriana Falcão, Vinícius de Moraes, Manoel de Barros e Fernando Pessoa. Queria ter nascido loura. Gosto de um mistério. Admiro a independência das prateleiras e das portas. Adoro usar vestidos. Adoro andar de carro e ainda não acredito que consegui comprar sozinha o meu. Adoro livros. Sou chegada a uma bagunça. Pouquíssimas pessoas me entendem. Odeio mesmo sentir saudade. Adoro o lado psicológico da vida. De vez em quando bato altos papos com meu cabelo. Quase não sinto inveja. Preciso cantar. Uma lata de leite condensado me faz muito feliz mesmo. Se pudesse viveria só de biscoitos, doces e frutas. Fico irritada quando sinto dor. Adoro o céu e suas estrelas. Não gosto de tomar remédio. Adoro pintar unha. Conhecer comida japonesa mudou a minha vida. Odeio tábuas de passar roupas.  Admiro a malícia das mulheres. Prefiro os CDs gravados ao vivo. Tenho orgulho de ter um livro publicado. Amo receber um abraço forte. Adoro ver filmes. Tenho fixação por vozes bonitas. Adoro conhecer lugares novos e encantadores. Odeio me despedir. Adoro levar pessoas a lugares novos e encantadores. Quase não acredito no amor. Só uso sapatos confortáveis. Adoro canecas coloridas e argolas. Gosto demais dos meus dois primeiros nomes. Amo trabalhar em museus. Odeio abelha e marimbondo. Gosto de dormir com roupas claras, mas não tenho roupas claras para dormir. Adoro piada sem graça. Sou apaixonada pela minha grande família, principalmente pelos meus primos lindos. Ter um site era um sonho antigo. Odeio advocacia. Fico feliz à toa. Música pra mim é um negócio muito sério. Tenho paixão por bolsas diferentes. Preciso estar confortável. Não gosto de falar muito de mim.”

(.Alice por Alice.  15/03/1998 – 26/10/2001- 04/09/2004 – 27/02/2008 – 06/03/2011 – 04/05/2015.)